quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Amon Duul II - Made in Germany (1975)


Este é o último grande disco do Amon Duul II, uma das principais bandas do Krautrock. Anteriormente eles haviam lançado um álbum muito ruim chamado "Hi-Jack" (1974). Porém no ano seguinte saiu "Made in Germany", o melhor da fase pós-freakout. Após os primeiros discos esquisitos (experimentais) o Düül tentou ser mais como uma banda de rock convencional com canções mais curtas, que soam muito bem no rádio, o que às vezes funcionou muito bem (“Wolf City”) e às vezes não tão bem (“Hi-Jack”)

Made in Germany é talvez a primeira ópera-rock germânica. LP duplo na época conta a história de um tal Sr. Kraut que é sequestrado por alienígenas no Egito e é levado a um outro planeta. Lá, ele para em um zoológico onde encontra pessoas importantes para a história alemã como o Barão von Richthofen, Otto Lilienthal, Wilhelm II, Ludwig II, Walther von der Vogelweide e Eva Braun. Essas pessoas formam uma banda de krautrock, na bateria uma figura carimbada: Adolf Hitler. Em seguida, eles retornam para a Terra pra conquistá-la, só que as coisas não dão muito certas.

As canções são mais curtas e mais estruturadas do que as improvisações sonoras do início, e contou com orquestrações e uma série de músicos convidados. É o último com Renate Knaupp - observe ela na capa do álbum vestida de Germânia.

Por algum motivo as canções e a vibração do álbum me fazem pensar que Jefferson Airplane, se não tivesse implodido em uma névoa de drogas e egos, estaria fazendo em 1975. Porque Renate Knaup é o Slick Graça teutônica! Sua voz tem a mesma beleza gélida.

2 comentários:

Adri disse...

só vc mesmo p falar dessas coisas raras! sou sua maior fã, vc sabe, né?
beijos

Mary Joe disse...

Faço minhas as palavras da Adri. E se ela é sua maior fã, estou em segundo lugar. ;)