terça-feira, 3 de março de 2009

Bobby Fuller, o Elvis texano


Quase todo fã da extinta banda inglesa The Clash, conhece uma música gravada por eles chamada I Fought the Law. Mas esta canção originalmente é de Bobby Fuller, considerada um de seus maiores sucessos. Bobby foi um desses artistas que aproveitou a ausência de Elvis Presley quando este foi servir o exército, e concorreu ao título de “rei do rock”. Ao contrário de Elvis, Bobby Fuller foi muito mais fiel ao rock básico. Como muitos no início dos anos 60, vivia basicamente de singles; no entanto, seus dois álbuns editados pelo selo Mustang, KRLA King Of The Wheels e I Fought The Law, são necessários para a compreensão da história do rock americano. Existe também o cd El Paso Rock Vol I e II que reúnem os singles que ele gravou durante sua carreira. É uma grande amostra do que o artista, lá no seu canto, no sudoeste do Texas, fez como músico, compositor e produtor.
A música de Fuller ecoa ainda hoje fresca, instigante e gloriosa, sem o sabor rançoso e anacrônico que solapa os sons de seus contemporâneos e dos jurássicos rockers de antanho. Este grande artista, fiel ao rock básico, morreu em 1966, e alguns, ainda hoje, consideram sua morte suicídio, embora muitos acreditem que Bobby tenha sido assassinado. Isto porque, ele foi encontrado dentro de seu carro, com vários ferimentos pelo corpo e coberto de gasolina, levantando a hipótese de que os prováveis autores do crime tiveram de fugir antes de poder incendiar o veículo.

2 comentários:

Adri disse...

[teal]q legal ouvir a versão original! vc fala umas coisas tão legais... não conheço ninguém que conhece música mais que você!!!!

Refer disse...

Nada a ver essa comparação com Elvis que voltou do exército em 1960, época em que Bobby Fuller, quase de fraldas, iniciava na música em El Paso.
'I Fought The Law' foi escrita por Sonny Curtis e gravada pelos Crickets uns 4 ou 5 anos antes de B.Fuller regravá-la. A versão original (c/Crickets) pode ser ouvida aqui:
http://www.zshare.net/audio/60771456aa766c3a/

Tenho a impressão de que o Clash se inspirou nos Crickets, não na versão de Bobby Fuller.