quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Death Or Glory - Roy Harper (1992)


Roy Harper nunca ficou famoso, muito menos no Brasil, embora, muitos conhecem sua voz na música Have a Cigar do álbum Wish You Were Here do Pink Floyd de 1975. E ficou imortalizado no Led Zeppelin III em Hats off to (Roy) Harper. Aliás, ele sempre foi muito amigo de Jimmy Page, e em alguns discos o Led Zeppelin em peso participava. Além de ter recebido colaborações de Paul Mccartney e Keith Moon. Contudo, Roy Harper permanece no anonimato.
Roy Harper é um cantor inglês de folk-rock que vem desde os anos 60, lançando modestamente seus belos álbuns, como toda longa carreira, teve seus altos e baixos. Este disco que é de 1992, que considero um dos mais legais. Death Or Glory fala de perdas, tema que sempre me atraiu. Aqui, o cantor trata da perda de sua esposa, abruptamente deixou-o em 1992, em um profundo desespero. O álbum foi concebido após o ocorrido, restando-lhe expressar toda sua dor em um novo disco.
A arte da capa é herdeira direta de John Lennon/Plastic ONO Band. Conta-se que Roy cortou algumas canções que entraria no álbum porque estaria ficando muito melancólico. Há uma homenagem a Chico Mendes em Man King, que carrega uma beleza à altura de Chico. Miles remains a homenagem vai para Miles Davis. Evening Star foi escrita para a filha de Robert Plant . Mas a maioria do álbum é muito refletivo e sombria, incluindo partes faladas bizarras como em If I Can que fecha o álbum.

Um comentário:

Adri disse...

Não tenho nem o que dizer desse artista. Nunca tinha ouvido falar e também nem nunca fui muito fã de Led Zeppelin...
Mas registro que um dos grandes méritos do seu blog é justamente esse: FALAR SEMPRE DE QM NÃO É MUITO FALADO OU CONHECIDO!
Belo post, parabéns!
Beijos